Entretenimento

Charlize Theron pensa em sair dos EUA para proteger filhos do racismo

Atriz é mãe de dois meninos negros: ‘a última coisa que quero é que meus filhos se sintam inseguros’

  Compartilhe

Há muitas pessoas atentas ao clima de radicalismo que tomou a sociedade dos Estados Unidos após a eleição de Donald Trump. Charlize Theron é uma delas. Mãe adotiva de dois meninos negros, ela conta que pensa em se mudar do país caso a situação não melhore.

“O racismo está muito mais presente e forte do que nós pensávamos, não podemos mais negar. Há lugares nos Estados Unidos nos quais, caso eu conseguisse um emprego, não aceitaria. Eu não viajaria com meus filhos a certos lugares do país, e isso é problemático”, disse Charlize à revista Elle.